Como não ser enganado na internet 1 - Evite o sonho do dinheiro rápido e fácil

17/08/2021

Propagandas em torno do dinheiro fácil percorrem a internet. Mudam de cara e fórmula, mas na essência são a mesma coisa. Por meio desse post quero deixar minha indignação por práticas de marketing abusivas e ensinar você a fugir de enganações

Qual o motivo dessa publicação?


Instruir os leitores e descontar a raiva do editor com propagandas enganosas.

O marketing é bom?


O marketing pode ser bom.

Quando vemos o marketing sendo aplicado de forma correta, ele é lindo. Pode informar, vender, agregar valor e gerar reconhecimento de marca. Porém é igualmente provocante quando o vemos ser aplicado de forma enganosa.

Eu vou ficar rico do dia pra noite?


Caso ganhe na mega sena, sim. Caso contrário, não.

O fato é que se um curso ou livro deixasse pessoas ricas do dia pra noite esse aparato seria mágico e logo cairia no conhecimento de todos ou seria escondido em um calabouço da casa do homem mais rico do mundo, e por consequência você não o estaria vendo de forma tão simples.


Todos os anúncios mentem pra mim?


Não. Existem anunciantes honestos que divulgam seu produto ou marca pelo que realmente são. Porém fiquem atentos com a forma que algo é divulgado. Eu particularmente não tenho problemas se um site de apostas faz marketing de seu sistema, porém o assunto se torna problemático quando o anunciante troca a frase "site de apostas" por "site de investimento", nesse caso o marketing é enganoso e pode levar pessoas a uma decisão baseada em uma mentira.


O objetivo do marketing


Para desvendar os anúncios por que não disseca-los um pouco.

Os objetivos do marketing ideal são: vender, fidelizar clientes, criar uma imagem de marca ou fazer a marca "ser lembrada", construir uma boa relação com consumidores e parceiros, fidelizar clientes, educar mercado e engajar colaboradores.

O objetivo do marketing descente é: vender o produto da forma que ele realmente é.

O objetivo do marketing picareta é: vender a qualquer custo!!!!


Porque compramos algo? Como o marketing influencia na nossa compra?



Se você acha que faz compras racionalmente, pense de novo. A verdade é que a maioria das compras são feitas com base em emoções. E o marketing possui estratégias e ferramentas para despertar o desejo de possuir algo.


Como funciona o marketing por dentro?

Para saber como o marketing poderia ser, nada melhor que olhar para um bom exemplo.

Para continuar entendendo como funciona o bom marketing por dentro assista esse ótimo vídeo explicatico da rockcontent.com:


Como identificar o marketing ruim? E como fazer para evitar enganações.


Não acredite em coisas boas demais para serem verdade e desenvolva seu senso crítico.

Quando algo promete muito, desconfie. Provavelmente o anunciante começa com frases de efeito para atrair você, que é o possível cliente. Então é comum ver frases do tipo: "Ganhe R$30.000,00 em 30 dias, fácil!!!!"  Ou então, "Como faturei 500 reais por dia em um mês.".

Desconfie dessas frases. caso fique interessado preste atenção no porém que ela deve ter. por exemplo a frase "faturei 500 reais por dia em um mês" pode ser verdade, mas pode vir com o porém do investimento de 100000 reais. Ou algo semelhante. Portanto, PRESTE ATENÇÃO NO PORÉM.

Em contrapartida, caso não encontre o porém, desenvolva seu senso crítico. É bom se perguntar antes de comprar uma fórmula mágica: isso é possível? Qual a quantidade de esforço que é preciso ser colocada para alcançar os resultados que essa pessoa está falando? E por último, eu tenho tempo pra isso? Se perguntar coisas, podem esclarecer sua mente e ajudar a tomar a melhor decisão.


TREINE


A certo tempo atrás adicionei um sistema de anúncios nesse mesmo site para monetizar meu conteúdo. Provavelmente já apareceram alguns anúncios para você. Como não tenho controle sobre o que os anunciantes postam, tenho certeza que apareceram tanto conteúdos bons quanto os ruins. Tente classificá-los e fiquem atentos ao que eu falei. Será ótimo para a próxima vez que se deparar com eles.


Se esse artigo foi útil para você, considere se inscrever na nossa newslleter. Demora menos de um minuto e você vai ficar informado de artigos como esse e muito mais. Só precisamos do seu email: