Mudando de Sistema operacional (windows para linux) - relato da primeira semana

28/12/2020

Dia 1 -

O primeiro dia de transição para um novo sistema operacional provavelmente é o mais conturbado. Nele tive que reaprender a trabalhar, com objetivo de entender as funcionalidades do sistema. Não sei se fiz certo, mas tive que usar o terminal muitas vezes, o que não é tão comum no windows. Por outro lado, o sistema me agrada muito visualmente e parece aumentar minha produtividade...


Tive dificuldades para instalar um driver de rede USB.

Dia 2 e Dia 3 -

Contornei o problema do USB com um celular android, compartilhando rede via Ethernet USB, tenho a impressão que essa não é a melhor solução, porém além de resolver o meu problema ficou muito legal integrar o celular no computador. Para aumentar a integração instalei um plugin chamado KDE connect. Adorei...


Durante esse dia descobri plugins que personalizam meu sistema, acho eles incríveis. Gostaria que tudo fosse tão fácil de instalar quanto essas ferramentas. Acho que com tantas opções de personalização, mesmo que duas pessoas tenham a mesma distribuição linux, dificilmente suas interfaces terão a mesma cara. É incrível como o sistema operacional linux pode se adaptar a personalidade e aos gostos do usuário

Dia 4 e Dia 5 -

Já sinto melhor o ritmo do ambiente linux, parece que diferentemente do windows que tenta atender a todos e criam diversas funções que muitos não utilizam, o linux tenta criar uma base comum, para que cada pessoa construa o ambiente com as funções que precisa. São como filosofias diferentes e ao entender isso acho que consigo trabalhar melhor em cima do linux. Não encontrei problemas até agora para fazer testes e executar meus programas.

Dia 6 e Dia 7 -

Usar git no linux é muito bom, e fazer apps e sites também. Não tenho mais as mesmas dificuldades do dia 1 e 2. Não encontrei nada até agora que não tenha como ser feito no linux. Todos os aplicativos que eu usava tem opções semelhantes para linux e fiquei confortável em descobrir o wine... Apesar de não ter rodado nenhum programa exclusivo de windows no linux ainda, é bom saber que tenho essa opção.

Considerações finais -

Existem muitas distribuições linux, a que escolhi utilizar se chama pop os. Apesar de algumas dificuldades para instalação de drivers no começo... Percebo que as filosofias dos sistemas são diferentes. Caso não precise de programas super específicos como CAD, não haverá muitas dificuldades na transição. Recebi também muita ajuda da comunidade. Ela parece muito ativa em fóruns e na internet.